quinta-feira, 15 de março de 2007

Sugeri que passasse a buscar-te e te levasse a um sítio que me parecia o indicado para explorarmos os nossos corpos, deixar as mãos percorrerem-nos como se estivéssemos a ler braille e sobretudo, o local indicado para mais tarde orgasmos explodirem em frequências tão altas que quase pareciam apocalypticas...

quarta-feira, 14 de março de 2007


Num qualquer recanto composto por outros tantos, com a chama das velas a bambolearem-se lânguidas e sedutoras, como nós. O aroma a pairar no ar, vinho para acompanhar a loucura das sensações que vão despertando entre nós, uns acordes de Sax…


terça-feira, 13 de março de 2007


Abocanho-o com imensa fome, chupo-o com enorme vontade, num vaivém que te deixa a levitar. Já não importa que seja no escritório, na secretaria, que alguém possa aparecer porque o físico deixa de existir e rendemo-nos ás sensações e ao prazer.

segunda-feira, 12 de março de 2007


Depressa me pegas na cabeça, me fazes levantar e ficar com as mamas ao nível que tanto gostas. Não sei quem mais se deleita, se tu a beijá-las e mordiscar-me os mamilos, se eu a gozar de cada impulso eléctrico que me fazes sentir por todo o corpo. E continuas com a língua, bem aberta, descendo em direcção ao meu interior.